Conselho de Segurança escolhe português para chefiar a ONU

Indicação formal do Conselho deve acontecer na quinta-feira (6).
Depois, nome será submetido à Assembleia Geral da ONU.


O ex-primeiro-ministro de Portugal Antonio Guterres foi escolhido pelo Conselho de Segurança como indicado para suceder o sul-coreano Ban Ki-moon como secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU).
Essa escolha será formalizada numa votação do conselho nesta quinta-feira (6), segundo anúncio da Rússia, que no momento preside o órgão.
"Hoje, após nossa sexta votação informal, temos um favorito claro e seu nome é Antonio Guterres", disse o embaixador russo junto à ONU, Vitaly Churkin, a repórteres, ao lado de seus 14 colegas do Conselho de Segurança.
Os 15 membros do Conselho de Segurança depositaram seus votos para cada um dos 10 candidatos entre as opções "a favor", "contra" ou "sem opinião". Guterres recebeu 13 votos favoráveis e dois sem opinião.
"Decidimos prosseguir para uma votação formal amanhã de manhã às 10h (11h pela hora de Brasília), e esperamos que possa ser feita por aclamação", acrescentou Churkin, que ocupa a presidência do organismo até outubro.
Para que Guterres seja formalmente recomendado à Assembleia-Geral de 193 membros, o Conselho de Segurança ainda precisa adotar essa resolução em reunião a portas fechadas. A resolução precisa de ao menos nove votos a favor e nenhum veto para ser aprovada.
Quando ocorreu a escolha de Ban Ki-moon, em 2006, o Conselho de Segurança indicou o sul-coreano formalmente no dia 9 de outubro e a Assembleia Geral aprovou a resolução em quatro dias depois.  
'Honrado e feliz'
Guterres declarou através das redes sociais que se sente "honrado e feliz", após saber que é o principal favorito para se transformar no próximo secretário-geral da ONU.

"Houve acordo. Os membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas me escolheram", detalhou o provável sucessor de Ban Ki-moon no Twitter.
O político português é um quadro histórico do Partido Socialista em Portugal. Foi secretário-geral do partido, ocupou o cargo de primeiro-ministro entre 1995 e 2002, e durante a última década (2005-2015), foi responsável pela Agência da ONU para os Refugiados (Acnur).
Share on Google Plus

About IPW Noticias

    Blogger Comment
    Facebook Comment