Pelourinho ganha hoje (17), a Diretoria de Museus do IPAC

O Dia Nacional do Patrimônio Histórico, 17 de agosto, foi criado para comemorar os 100 anos de nascimento do historiador e jornalista mineiro Rodrigo Melo Franco de Andrade, incansável defensor do Patrimônio Cultural Brasileiro
O Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), anuncia hoje (17), Dia Nacional do Patrimônio Histórico, a instalação da sua Diretoria de Museus (Dimus) no Solar Ferrão, uma das edificações mais importantes do Centro Histórico de Salvador (CHS), originária do século XVIII e tombada como Patrimônio do Brasil (1938). A Dimus tem mais de 60 servidores trabalhando em museus de Salvador e outros municípios baianos. “Além de trazer uso pleno para o Solar que detinha áreas ociosas e manter as coleções de arte no prédio para visitação gratuita, a transferência dessa diretoria integra nova estratégia de ocupação e dinamização da área”, explica o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira.

O Dia do Patrimônio, 17 de agosto, comemora o nascimento do historiador e jornalista mineiro Rodrigo Melo Franco de Andrade. O IPAC detém 402 unidades imobiliárias e 181 imóveis no Pelourinho, em bairros de Salvador e cidades do interior. João Carlos explica que as ocupações dos prédios do IPAC atendem estratégias urbanístico-arquitetônicas de dinamização e fomento à economia. “Temos ainda imóveis com atividades consulares, comerciais, culturais e artísticas, visando dinamismo do Pelourinho”, completa. Além do Ferrão, a Dimus administra em Salvador o Palácio da Aclamação, Passeio Público, os museus Tempostal e Udo Knoff (Pelourinho). O Parque Castro Alves (Cabaceiras), os museus Recolhimento (Santo Amaro) e Recôncavo (Candeias) são outros equipamentos da Dimus.

POLÍTICA PÚBLICA e DINAMIZAÇÃO – “Estamos requalificando o prédio do Ferrão, o Museu Abelardo Rodrigues, as coleções de Arte Africana, Arte Popular e a de Smetak”, afirma a diretora da Dimus, Fátima Santos. A Dimus coordena a política pública museológica na Bahia. Além dos equipamentos da Dimus, o IPAC é responsável pelo principais museus: www.ipac.ba.gov.br/museus, vinculado à Secretaria de Cultura (SecultBa). A ida da Dimus/IPAC para o Pelourinho deve auxiliar na dinamização da área. Os museus/IPAC no CHS recebem exposições, ações educativas, oficinas de arte, poesia, música, além de contação de histórias e lançamentos de livros.

A Praça das Artes, largos Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro D’Água também são do Instituto. “Outros imóveis do IPAC são ocupados por importantes projetos, como o Balé Folclórico da Bahia (BFB), orkestras Rumpilezz e Rumpilezzinho, Cine XIV, projeto artístico-educacional Axé e o Mandinga de Capoeira”, relata o diretor João Carlos. A Livraria Mídialouca, Museu da Música Brasileira, Casa das Filarmônicas e Casa Pouso das Artes que faz residência artística com a Funceb, e a Casa de Angola em Salvador, completam a lista.

Confira a Praça Pastores da Noite do IPAC: https://goo.gl/RduW6w. E o vídeo do Balé na casa do Instituto: https://goo.gl/1ShLtv. Segundo o diretor de Obras do IPAC, Felipe Musse, no Ferrão estão sendo feitas a manutenção dos pisos em madeira, revisão de esquadrias, telhado, da parte elétrica e hidráulica, além de pintura interna. “Logo após as obras físicas, faremos nova expografia com mais informações e mais peças dos acervos nas salas expositivas”, completa Fátima Santos.

ARTE e CULTURA – O Ferrão/IPAC é um centro de memória, arte e cultura, construído no declive entre o Pelourinho e a Baixa dos Sapateiros. O solar abriga duas galerias de arte, o Museu Abelardo Rodrigues com arte sacra, coleções de arte africana, arte popular, instrumentos tradicionais e acervo do músico suíço radicado na Bahia, Walter Smetak (1913-1984). O solar fica na Rua Gregório de Matos, 45, Pelourinho, mas ficará fechado até o término das obras previsto para final de agosto. Contatos: (71) 3116-6743.

Ainda no Pelourinho, o IPAC tem o Centro de Documentação e Memória (Cedom) com acervo de 50 anos do órgão. No Cedom são encontrados os Livros do IPAC: http://goo.gl/CDv6q3. Assista os vídeos/Secom: educação patrimonial (https://goo.gl/rJggpk), Balé Folclórico (https://goo.gl/jZQjJN), Projeto Axé (https://goo.gl/34bd1a), dinamização (https://goo.gl/S4EyRn), Rota de Museus (https://goo.gl/uQS9NG e https://goo.gl/vphG2s), Bembé (https://goo.gl/63H8Ve), Boa Morte (https://goo.gl/BawMJJ) e capoeira (https://goo.gl/wFJdGN). Acesse: www.ipac.ba.gov.br, facebook Ipacba Patrimônio e twitter @ipac_ba.

Assessoria de Comunicação – IPAC, em 17.08.2017
Jornalista responsável Geraldo Moniz (DRT-BA nº 1498)
(71) 99110-5099, 99922-1743
Facebook: Ipacba Patrimônio
Share on Google Plus

About IPW Noticias

    Blogger Comment
    Facebook Comment