Brasileiros saem às ruas em defesa da democracia


 As manifestações durante a manhã nesta sexta-feira (13) pelo Brasil têm sido pacíficas. Os atos, registrados em em mais de 11 estados, são em defesa da Petrobras, da democracia e também pela reforma política.

De acordo com informações da Polícia Militar, Campo Grande (MS) e Salvador (BA) reúnem o maior número de pessoas esta manhã, 4 mil e 3 mil pessoas respectivamente. Em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, mais de mil pessoas participam de ato em frente à refinaria Gabriel Passos.
Em Fortaleza, petroleiros se reuniram logo cedo na Praça da Imprensa e divulgaram uma carta em defesa da Petrobras e da punição dos corruptos. Os trabalhadores criticam os ataques da mídia à empresa. Cerca de 1 mil pessoas participam da manifestação.
Em Maceió, Paraná e em Goiás os militantes começam a se aglomerar. No Ceará em torno de 1 mil pessoas já reivindicam direitos.
As manifestações marcam o Dia Nacional de Luta em Defesa dos Direitos da Classe Trabalhadora e foram convocadas pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), que representa cerca oito milhões de trabalhadores em 3,2 mil sindicatos.
Apoiam os atos a União Geral dos Trabalhadores (UGT) e da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), além de movimentos como a União Nacional dos Estudantes (UNE), o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e o Movimento dos Sem Terra (MST).
Por Priscylla Damasceno, da Agência PT de Notícias
Share on Google Plus

About IPW Noticias

    Blogger Comment
    Facebook Comment