Ex-Presidente da Liga Pedesserrense de Desportos analisa atual Campeonato

No último domingo (9), foram realizados quatro jogos pelo Campeonato Pedesserrense, Edição 2013/2014, válidos pela sétima rodada, a qual pode ser chamada de rodada dos gols, pois foram 16, gerando uma média de 4  gols por jogo:





No grupo A: 
Fluminense de Poços 2 X 1 Aroeira
                       Vasco  0 X 1 Bahia (Caldeirão do Negro)

No grupo B: 
Palmeiras (Santo Augustinho) 3 X 3  Bahia do Bento
        Vila Nova (Pé do Morro) 3 X 3  São Paulo

Classificação após a sétima rodada:

GRUPO A
P
J
V
E
D
GP
GC
SG
1. Aroeira
13
6
4
1
1
11
6
5
2.Fluminense de Poços 
13
5
4
1
0
6
1
5
3.Ponte Preta (Totó)
  6
4
2
0
2
5
5
0
4.Bahia (Caldeirão do Negro)
  4
5
1
1
3
2
5
-3
5. Vasco
  1
6
0
1
5
3
11
-8

GRUPO B
P
J
V
E
D
GP
GC
SG
1.Bahia do Bento
14
6
4
2
0
8
4
4
2.Cruzeiro
8
5
2
2
1
7
4
3
3.Palmeiras  (Santo Augustinho)
8
6
2
2
2
8
10
-2
4.Vila Nova (Pé do Morro)
4
5
1
1
3
6
8
-2
5.São Paulo
4
6
1
1
4
7
10
-3

O fundador da Liga Pedesserrense de Desportos (LPD), Prof. Antonio Joilson, que exerceu quatro mandatos de presidente dessa liga e é atual Diretor Técnico, esteve no último domingo (9) na Comunidade de Poços, onde assistiu a vitória do Fluminense local sobre a Aroeira por 2 X 1. Ele que em suas gestões promoveu nove Campeonatos Pedesserrenses, além de diversas outras competições como sub-20, veteranos, futbal societ, futsal e copas rurais, avaliou não só o certame, como também a atual gestão da LPD:

“Meus parabéns a atual gestão da LPD, liderada por Nilton César, pela seriedade e  entusiasmo com que enfrenta as adversidades. Sei que as dificuldades são muitas, sobretudo no quesito financeiro, pois se desenvolver uma competição de porte municipal sem o apoio do poder público local é tarefa por demais árdua. Em minhas gestões, também tive momentos semelhantes.”

 Ao ser questionado acerca de como se pode superar as citadas dificuldades, respondeu:

“O que proporciona a implementação de uma competição desse nível em Pé de Serra é o apoio dos desportistas pedesserrenses e de iniciativas particulares, a exemplo do apoio de comerciantes e amantes do futebol, os quais sempre colaboram nestes 20 anos de existência da LPD. Para verificar o que acabo de afirmar, basta dar uma olhada na lista de patrocinadores desta competição, aos quais aproveito o ensejo para, em nome da LPD, dar meus agradecimentos.”

Além da colaboração financeira e todo o apoio já citados, O Prof. Antonio Joilson destaca outro fator que em muito ajuda a LPD  desenvolver  suas competições:

“Outra coisa que facilitou o meu trabalho, e que vem facilitando a atual gestão, são as pessoas que compõem toda a diretoria da LPD, pois estão sempre dispostas a colaborarem de forma digna e séria. São pessoas de boa índole e benquistas em Pé de Serra e região. Além de nosso quadro de árbitros, que embora limitado em quantidade, é formado por pessoas de bom caráter e de muita dedicação, pois nunca tivemos em nosso município a carência de buscarmos árbitros para realizarmos  nossas competições, salvo situações que são inerentes a esta atividade”

Após a realização da sétima rodada, ele também comentou o atual campeonato:

“Vejo como uma competição muito equilibrada e bastante competitiva, embora não possua o mesmo nível técnico de outras já realizadas pela LPD. Isso devido ao fato de ser uma competição restrita a pedesserrenses, ou seja sem a participação de atletas de outros municípios. Sempre defendi que a participação de jogadores de outros municípios acrescentam uma maior motivação por parte dos torcedores.”

Visivelmente emocionado, fato que ocorre sempre que fala do esporte em Pé de Serra, o Prof. Antonio Joilson finalizou:

Pé de Serra é um município onde a prática esportiva é latente em todas as comunidades. Só tenho a lamentar por não ter havido ainda em nosso município uma gestão que voltasse os olhos para as carências dessa área. É muito triste olhar para a história de Pé de Serra e não ver em momento algum, por parte do poder público, o apoio necessário para se melhorar o esporte como um todo. Ainda bem que ocorrem em nosso município iniciativas privadas, como as da LPD e outras, pois têm sido a única forma de se remediar esta situação. Caso contrário, teríamos hoje um município sem a promoção da integração entre suas comunidades e, principalmente, entre os jovens e os diversos segmentos sociais.”


José Osmar Rios Macedo
VICE-PRESIDENTE DA LPD
Share on Google Plus

About IPW Noticias

    Blogger Comment
    Facebook Comment